Deve aumentar o número de cursos para detentos

Um acordo feito entre a secretaria de ciência e tecnologia e a de justiça deve aumentar o número de cursos para detentos e servidores penitenciários do Paraná.  O acordo vai até  2017 e prevê  a realização de projetos  nas áreas de direitos humanos, educação, saúde e meio ambiente. Segundo a assessora de planejamento e projetos da secretaria de justiça, Maria Gorete Brotti, devem ser oferecidos cursos em diversas áreas para os presos.

O Paraná tem 26 estabelecimentos penais e aproximadamente 26 mil presos. Atualmente cerca de 30 por cento dos detentos têm acesso a ensino ou a cursos profissionalizantes.  Com o aumento do número de cursos, o objetivo é melhorar o processo de ressocialização dos presos.

Outra ação anunciada é focada nos presos do regime semiaberto da Colônia Penal Agroindustrial, em Piraquara. Eles vão produzir blocos de concreto e de PVC destinados à construção de casas populares no Paraná.

Band News Curitiba - 96,3 FM

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem

Polícia Civil prende dois suspeitos de estelionato 

Polícia Civil prende dois suspeitos de estelionato 

A polícia também apreendeu um veículo e outros objetos

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Apesar do crescimento de 37% nas vendas para o exterior, em comparação com fevereiro de