Política

MP entra com ação de improbidade administrativa sobre funcionários fantasmas na ALEP

O Ministério Público do Paraná entrou ontem com mais uma ação de improbidade administrativa envolvendo a contratação irregular de funcionários da Assembleia Legislativa. Os promotores pedem o bloqueio de R$ 213,2 milhões para garantir o ressarcimento do dinheiro público que teria sido desviado no pagamento de dez fantasmas da Casa, além de eventual multa. Dois deputados estaduais foram responsabilizados pelos erros administrativos e pelas contratações irregulares: o ex-presidente da Casa Nelson Justus (DEM) e o ex – primeiro secretário Alexandre Curi (PMDB). Além deles, também aparecem como responsáveis pelos desvios o ex-diretor geral da Assembleia Abib Miguel, o ex-diretor administrativo José Ary Nassiff e o ex-diretor de pessoal Cláudio Marques da Silva. Até agora foram propostas quatro ações de improbidade administrativa pelo Ministério Público. Na ação, além de pedir o ressarcimento aos cofres públicos, o MP pede a condenação dos cinco pela prática de ato de improbidade administrativa. Neste caso, as sanções podem variar da perda do cargo público até a suspensão dos direitos políticos por até dez anos. A BandNews ligou para o celular do deputado Alexandre Khury, mas foi informada que ele estava num velório e retornaria assim que possível. O celular do deputado Nelson Justus estava desligado, mas a reportagem deixou recado e aguarda contato.

Avatar

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Procedimento que investiga Maria Letícia está sob sigilo na Câmara

Procedimento que investiga Maria Letícia está sob sigilo na Câmara

Conselho de Ética se reúne na segunda-feira (4) para liberar informações do processo para consulta

TSE aponta para sub-representação feminina na política paranaense

TSE aponta para sub-representação feminina na política paranaense

Mulheres representam menos de um terço dos candidatos nos últimos vinte anos

Projeto propõe declarar religiões de matriz africana como patrimônio cultural

Projeto propõe declarar religiões de matriz africana como patrimônio cultural

Uma reunião pública na Câmara Municipal de Curitiba pretende debater o tema nesta quinta-feira (29)

Deepfake pode ser um desafio nas eleições

Deepfake pode ser um desafio nas eleições

Prazo para cadastro eleitoral encerra em 08 de maio