ParanáGeral

Paraná contrata monitores de ressocialização em unidades prisionais

A iniciativa deve gerar 4 mil vagas de emprego, diretas e indiretas

 Paraná contrata monitores de ressocialização em unidades prisionais

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O Paraná vai contratar monitores de ressocialização para atuar em unidades prisionais do Estado. Os novos trabalhadores devem substituir os servidores temporários que atuam nesses locais a partir de julho deste ano. A iniciativa deve gerar cerca de 4 mil vagas de emprego, diretas e indiretas, em todo o Paraná. O edital vai ser publicado no Diário Oficial nos próximos dias. Diferente do servidor temporário, os novos trabalhadores vão ser regidos pela CLT e vão ter assegurados todos os direitos trabalhistas, como Fundo de Garantia. A carga horária de trabalho vai ser de 12 horas diárias, em regime de escala. A remuneração mensal é de R$ 2.840,55, mais R$ 274,63 do auxílio-alimentação, além de vale-transporte. As atribuições dos profissionais contratados diferem das funções dos servidores de carreira. Os monitores devem apoiar e auxiliar os procedimentos de custódia, ou seja, as atividades necessárias para o funcionamento dos estabelecimentos penais. Para se candidatar a vaga, a pessoa precisa ter no mínimo 18 anos e ensino médio completo. Além disso, vai ter que passar por um processo seletivo realizado pela empresa contratada e, por um curso de formação, de caráter eliminatório. As inscrições vão ser realizadas diretamente no site da empresa https://recrutamento.newlifeservicos.com.br/. As vagas também estão disponíveis no sistema do SINE. Em relação ao novo processo, a Secretaria da Administração e da Previdência vai promover na próxima quinta-feira (02), às 10 horas da manhã, uma audiência pública para consultar interessados no Termo de Referência relativo ao Registro de Preços para contratação de serviços continuados nas unidades prisionais do Departamento de Polícia Penal do Paraná.

Reportagem Fernanda Scholze

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Intenção de consumo do paranaense cresce em setembro

Intenção de consumo do paranaense cresce em setembro

Alta de setembro foi de 4% e voltou a patamar de satisfação com 100,8 pontos

300 mil domicílios do Paraná não têm acesso à internet

300 mil domicílios do Paraná não têm acesso à internet

Segundo o IBGE, o acesso à rede cresceu 5 pontos porcentuais, chegando a 90%

Primavera começa com baixas temperaturas

Primavera começa com baixas temperaturas

Expectativa é de chuvas influenciadas pelo La Niña

Municípios do PR lideram produção nacional de leite, diz IBGE

Municípios do PR lideram produção nacional de leite, diz IBGE

Paraná produziu 4,4 bilhões de litros ao longo de 2021. Isso representa 12,5% do País