Polícia investiga ataques racistas a estudante de 14 anos em Curitiba

 Polícia investiga ataques racistas a estudante de 14 anos em Curitiba
Foto: Arquivo Pessoal

A polícia investiga ataques racistas a uma adolescente de 14 anos, aluna de um colégio de Curitiba. Após ter o caderno rabiscado com diversas mensagens criminosas, a menina foi ameaça de morte. O caso aconteceu no Colégio Cívico-Militar Sebastião Saporski, no bairro Taboão.

Em entrevista à BandNews FM, a mãe da garota, Josiane Carvalho, afirma que a família só quer que os autores dos ataques sejam responsabilizados criminalmente.

Os ataques ocorreram em ao menos dois momentos. Na última semana, a jovem teve o caderno rabiscado com ameaças e insultos. Revoltada com o ataque, a aluna tirou fotos e denunciou o caso aos colegas. Diante da situação, uma manifestação em apoio da adolescente foi realizada no colégio, se posicionando contra o racismo. A ação solidária à garota também teve apoio de funcionários e pedagogos do colégio.

O diretor de Educação da Secretaria de Estado da Educação (Seed), Roni Miranda, condenou os ataques criminosos e reforçou que a pasta dá suporte a ações pedagógicas já iniciadas na instituição.

As mensagens racistas e ameaças explicitas feitas no caderno da menina foram repassadas à polícia. Em nota, a Seed afirmou que acompanha a situação e espera em conjunto com as autoridades policiais a resolução mais rápida para o caso. A pasta disse, ainda, que enviou representantes do Núcleo Regional de Educação de Curitiba para dar apoio à família e a estudante.

Reportagem: Leonardo Gomes

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem