Policiais rodoviários estaduais são presos suspeitos de corrupção

 Policiais rodoviários estaduais são presos suspeitos de corrupção

(Foto: reprodução/Google Street View)

(Foto: reprodução/Google Street View)

Seis policiais do Batalhão da Polícia Rodoviária do Paraná (BPRv) que trabalhavam em postos do litoral foram presos suspeitos de corrupção. Segundo uma investigação da Corregedoria-Geral da Polícia Militar do Paraná, os agentes aceitavam ou exigiam vantagens indevidas para não realizar fiscalização em estradas estaduais do litoral. Além dos policiais, outras duas pessoas ligadas aos suspeitos também foram presas na operação.

As prisões aconteceram ontem (24), resultado de uma investigação que se iniciou por uma denúncia feita há alguns meses. Os policiais trabalhavam nos postos da Polícia Rodoviária Estadual de Alexandra, no km 14 da PR-508, em Paranaguá, e de Coroados, no km 26 da PR-412, em Guaratuba. A operação cumpriu também 15 mandados de busca e apreensão nos postos da polícia e nas casas dos agentes. Os mandados foram expedidos pela Vara da Auditoria da Justiça Militar Estadual (VAJME).

A Corregedoria-Geral da PMPR informou que “condutas como as apontadas aos policiais indiciados não são compactuadas pela corporação e são veementemente combatidas até para valorizar os policiais militares que pautam seu trabalho pela retidão de postura e não por sentimentos de natureza pessoal”. A PM informou que denúncias podem ser feitas pelo 0800-643-7090 ou pelo site www.corregedoria.pmpr.pr.gov.br.

Reportagem: Ricardo Pereira

(Foto: reprodução/Google Street View)

Band News FM

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem

Polícia Civil prende dois suspeitos de estelionato 

Polícia Civil prende dois suspeitos de estelionato 

A polícia também apreendeu um veículo e outros objetos

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Apesar do crescimento de 37% nas vendas para o exterior, em comparação com fevereiro de