Suspeito de matar adolescente dentro de ônibus se apresenta à polícia

O rapaz afirma que agiu como cidadão, pra evitar que as pessoas ‘furem’ a catraca no transporte público coletivo (Foto: reprodução/Band)

O suspeito de ter assassinado um adolescente dentro de um ônibus do transporte público coletivo de Curitiba se apresentou à polícia na manhã desta sexta-feira (14). Allan Romero Feijó tem 18 anos, é escoteiro e estava armado com um canivete quando se envolveu em uma confusão dentro do ônibus em frente à estação-tubo Hospital Cajuru, no bairro Cristo Rei.

Ele teria tentado impedir um grupo de furar a catraca. O estudante Pedro Felipe Lopes da Luz, de 16 anos, havia pago a passagem e tentou defender os amigos, quando foi atingido no abdômen com golpes de canivete.

Allan, que vai responder em liberdade – já que escapou do flagrante, disse que agiu para defender a Constituição e porque estava sendo agredido.

A vítima chegou a tentar correr para um hospital, mas caiu na rua. Uma ambulância chegou a socorrer o rapaz, mas ele não resistiu aos ferimentos. O assassino foi flagrado por câmeras de vigilância fugindo pelas ruas do bairro.

O delegado-chefe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Fábio Amaro, disse que só foi possível chegar ao suspeito com as denúncias da população – conhecidos e colegas que reconheceram Allan.

Nesta semana, os policiais foram até a casa dele e descobriram que ele estava escondido na casa de familiares. O advogado entrou em contato com a e confirmou que o rapaz se apresentaria à polícia ainda hoje. Se condenado, pode receber pena de até doze anos de prisão.