Vereador suspeito de pedir parte de salário dos funcionários diz que não há provas contra ele

(Foto: divulgação/PRB)

O vereador Osias Moraes (PRB), investigado pelo Ministério Público do Paraná, se manifestou hoje, pela primeira vez, a respeito da denúncia de que teria se apropriado de parte do salário de ex-funcionários.

O parlamentar utilizou a tribuna da Câmara Municipal para se defender. Bastante irritado, o vereador se disse inocente e argumentou que, contra ele, não existem provas.

O vereador disse ainda que vem sendo acusado pela imprensa, e promete acionar a Justiça contra aqueles que o acusaram.

O vereador é relator da comissão que investiga a vereadora Kátia Dittrich (SD), pela mesma suspeita. Além dela, uma denúncia contra Thiago Ferro (PSDB) também é apurada internamente na Câmara Municipal. Já no Ministério Público são investigados Osias Moraes (PRB), Rogério Campos (PSC) e Geovane Fernandes (PTB). Todos os vereadores negam as acusações.