Política

Vereadores de Rolândia saem escoltados de sessão

Em meio a um ano eleitoral, as Câmaras Municipais viraram palco de denúncias e conflitos internos. Em Rolândia, não é diferente. Os vereadores de oposição ao prefeito Johnny Lehmann (PTB) tiveram que sair escoltados da Câmara depois de rejeitaram sete projetos do Executivo que pretendiam vender 20 áreas públicas. Os projetos previam a permuta de doze áreas por terrenos para a construção de um cemitério municipal e de um centro cultural; e a venda de oito áreas públicas, com objetivo de arrecadar recursos para a ampliação de uma escola; a construção de três unidades básicas de saúde e de uma unidade de pronto atendimento (UPA). O prefeito participou na sessão, mas não conseguiu convencer os adversários a aprovar os projetos. De acordo com o vereador Zé de Paula (PSD), um dos que votaram contra os projetos, os parlamentares entenderam que a iniciativa do Administrativo Municipal era política.

Mais de 200 pessoas acompanhavam a sessão plenária. Os vereadores foram vaiados e ficaram com receio de deixar a sessão plenária. Eles tiveram que ser escoltados pela Polícia Militar.

A BandNews FM ligou para a Prefeitura de Rolândia, mas não conseguiu contato. O presidente da Câmara, José Danilson (PSB), que faz parte da base aliada do prefeito, confirmou que, ao final da sessão, os cinco parlamentares tiveram de ser ”acompanhados” pela polícia.

Avatar

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Procedimento que investiga Maria Letícia está sob sigilo na Câmara

Procedimento que investiga Maria Letícia está sob sigilo na Câmara

Conselho de Ética se reúne na segunda-feira (4) para liberar informações do processo para consulta

TSE aponta para sub-representação feminina na política paranaense

TSE aponta para sub-representação feminina na política paranaense

Mulheres representam menos de um terço dos candidatos nos últimos vinte anos

Projeto propõe declarar religiões de matriz africana como patrimônio cultural

Projeto propõe declarar religiões de matriz africana como patrimônio cultural

Uma reunião pública na Câmara Municipal de Curitiba pretende debater o tema nesta quinta-feira (29)

Deepfake pode ser um desafio nas eleições

Deepfake pode ser um desafio nas eleições

Prazo para cadastro eleitoral encerra em 08 de maio