Política

Vereadores que investigavam irregularidades na câmara podem ter relação com empresas de publicidade

Dois vereadores responsáveis pelas investigações de irregularidades nos contratos de publicidade da câmara municipal de Curitiba podem ter relação com empresas que prestaram serviço de propaganda para a Casa. Um funcionário do presidente da CPI, Emerson Prado, prestava serviços gráficos para a câmara. Já o jornal do presidente da comissão de ética da casa, vereador Francisco Garcez recebeu dinheiro da câmara. O vereador Emerson Prado disse que não sabia que o funcionário dele tinha uma empresa que prestava serviços para a casa.

O presidente do conselho de ética, vereador Francisco Garcez, disse que pediu afastamento do jornal Folha do Boqueirão assim que foi eleito. Mas na junta comercial, o pedido só aparece em setembro de 2011, depois que os escândalos que envolvem os contratos de publicidade da câmara vieram a tona.

Por conta da quantidade de denúncias que a câmara recebeu nos últimos meses, o presidente da casa, vereador João Luiz Cordeiro, disse que vai criar uma ouvidoria para dar mais transparência a câmara.  

A data de funcionamento da ouvidoria ainda não foi definida. João Luiz Cordeiro também disse que aguarda a decisão do PSDB sobre uma possível expulsão do partido do ex-presidente da câmara, João Cláudio Derosso. Derosso é o principal alvo das denúncias que envolvem os contratos de publicidade da casa. Ele compareceu hoje à sessão e foi procurado pela reportagem da BandNews, mas o vereador disse que não dá entrevistas.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Curitiba: recomposição salarial de servidores segue para sanção

Curitiba: recomposição salarial de servidores segue para sanção

Vereadores aprovaram reajuste de 7,17%, com base à inflação dos últimos 12 meses

Alep aprova aumento do ICMS no Paraná

Alep aprova aumento do ICMS no Paraná

Segundo o texto, a alíquota modal do tributo deve passar de 18% para 19%

Aumento do ICMS é votado nesta terça (29) na Alep

Aumento do ICMS é votado nesta terça (29) na Alep

Proposta deve aumentar em R$ 1,1 bilhão a arrecadação do Estado

Deputados votam criação de 493 cargos e aumento do ICMS

Deputados votam criação de 493 cargos e aumento do ICMS

Projetos fazem parte de pacote enviado pelo governador Ratinho Junior (PSD) à Casa