Política

Vice-prefeito é impedido de prestar serviços em Sulina

A Justiça proibiu o vice-prefeito do município de Sulina, no sudoeste do Paraná, de prestar serviços à Prefeitura Municipal por meio de uma empresa terceirizada. Além do cargo no Executivo, Luiz Fernando Vedana é médico e o acúmulo de carga horária em quatro dos nove empregos que ele possui é de 110 horas semanais. Como é concursado da prefeitura, ele tem que se dedicar 20 horas semanais no trabalho. Outras 20 horas são provenientes da empresa que foi contratada de forma suspeita, segundo o Ministério Público, através de pregão. As investigações duraram seis meses e partiram de denúncias sobre a empresa, já que a situação contraria a lei orgânica do município. Vedana também cumpria 20 horas como médico em Saudade do Iguaçu, município vizinho, além de atender em clínica particular e possuir participação em sociedades – o que totaliza os nove empregos.

Band News Curitiba - 96,3 FM

TCU condena Dallagnol e Janot por diárias da Lava Jato

TCU condena Dallagnol e Janot por diárias da Lava Jato

Decisão pode tornar ambos inelegíveis. Dallagnol afirma que vai recorrer da decisão

CCJ nega recurso de Freitas sobre o prazo do julgamento

CCJ nega recurso de Freitas sobre o prazo do julgamento

Defesa aponta que Legislativo excedeu o tempo para julgar o vereador

Bancada Feminina na Assembleia é aprovada em redação final

Bancada Feminina na Assembleia é aprovada em redação final

Agora a matéria está apta para ser promulgada pela Presidência da Assembleia

Ausência de Ratinho Jr. no debate repercutiu entre os candidatos

Ausência de Ratinho Jr. no debate repercutiu entre os candidatos

Primeiro debate aconteceu na noite de domingo (8), na sede da Tv Band, em Curitiba