Política

Votação de projeto sobre venda de álcool na Arena é adiada na Câmara

 Votação de projeto sobre venda de álcool na Arena é adiada na Câmara

(Foto: Divulgação)

Foi adiada por dez sessões a votação do projeto de lei que quer proibir a venda de bebidas alcoólicas no estádio da Arena da Baixada durante a Copa 2014. A proposta é de autoria do vereador Tico Kusma, do PSB. Desde 2008, a comercialização é proibida em todos os estádios do país. Para Kusma legislar sobre o tema é obrigação de segurança pública. Na Assembleia Legislativa do Paraná, os deputados já começaram a debater o tema. O Governo Federal chegou a assumir com a Fifa o compromisso de liberar a venda nos estádios durante o Mundial de 2014, mas delegou a questão aos estados. Mas na Câmara, a discussão com certeza vai longe. O vereador Juliano Borghetti, do PP, também apresentou um projeto de lei sobre o tema, mas defendendo a necessidade de autorizar a venda de bebidas alcoólicas. Para ele, quem vai para o estádio para assistir a uma partida da Copa do Mundo não vai para brigar. O projeto de Borghetti é analisado nas comissões da casa. Os secretários estadual e municipal da Copa, Mário Celso Cunha e Luiz de Carvalho, respectivamente, já manifestaram que são favoráveis à comercialização de bebidas alcoólicas nos estádios.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

TSE julga nesta terça (6) candidatura de Jocelito Canto (PSDB)

TSE julga nesta terça (6) candidatura de Jocelito Canto (PSDB)

Se TSE negar recurso, Beto Richa (PSDB) assume o lugar de Jocelito Canto na Câmara

Com texto alterado antes da votação, vereadores aprovam novo IPTU

Com texto alterado antes da votação, vereadores aprovam novo IPTU

Proposta altera a base para o cálculo do IPTU e foi substituída depois das discussões

Curitiba: recomposição salarial de servidores segue para sanção

Curitiba: recomposição salarial de servidores segue para sanção

Vereadores aprovaram reajuste de 7,17%, com base à inflação dos últimos 12 meses

Alep aprova aumento do ICMS no Paraná

Alep aprova aumento do ICMS no Paraná

Segundo o texto, a alíquota modal do tributo deve passar de 18% para 19%