6,4 mil pessoas são vacinadas contra gripe no Dia D em Curitiba

Quem não se vacinou neste último sábado, dia nacional de vacinação contra a gripe, e está no grupo prioritário, ainda pode se vacinar até o dia 1º de junho, em 110 unidades de saúde de Curitiba. No Dia D de Vacinação, em Curitiba foram aplicadas doses de vacina, em 18 unidades de saúde que participaram da campanha. Segundo o Ministério da Saúde, mais de 80% do estoque de 60 milhões vacinas contra a gripe foram distribuídos em todo País.

No dia de mobilização, mais de 65 mil pontos de vacinação atuaram em todo território nacional. O ministro Gilberto Ochi afirma que não faltará vacina para imunizar o público-alvo da campanha.

A vacinação durante o Dia D, no sábado, foi destinada principalmente às pessoas que não podem ir às unidades de saúde em horário comercial. O número de unidades que atendem durante a semana é bem maior do que no principal dia da campanha.

De acordo com o Ministério da Saúde, até o dia 5 de maio foram registrados mil e cinco casos de influenza em todo o País, com 158 mortes. No Paraná, chega a nove o número de pessoas que morreram por causa da doença neste ano.

O caso mais recente foi registrado em Toledo, na região oeste do Estado. A vítima, uma idosa de 83 anos, sofria também com problemas cardiorrespiratórios. Em locais de vacinação visitados pela reportagem em todo o país, o serviço ocorreu com tranquilidade.

A campanha é destinada prioritariamente a crianças de seis meses de idade a quatro anos; idosos acima de 60 anos; pessoas com doenças crônicas; grávidas; mulheres em pós-parto de até 45 dias; população indígena; trabalhadores da saúde e do sistema prisional; professores; e presos do sistema carcerário.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*