Hemepar pede que população doe sangue antes do Carnaval

Foto: Divulgação SESA / arquivo

Com a proximidade do Carnaval, cresce o receio de queda nas doações de sangue no Hemepar, responsável pelo abastecimento de cerca de 90% da rede pública de saúde do Estado. Em média o volume de doações chega a cair até 40% em feriados prolongados. Para suprir a necessidade de 384 hospitais paranaenses, o Hemepar pede que a população se programe para doar sangue antes do Carnaval.

Segundo o diretor do Hemepar, Paulo Hatschbach, somente em Curitiba a média diária de doações é de 180 bolsas de sangue. Na segunda e terça-feira de Carnaval o Hemepar fecha e retorna as atividades somente na quarta-feira, portanto é importante que o estoque esteja completo.

Uma bolsa de sangue pode salvar até 4 vidas. Podem doar aquelas pessoas que tem entre 16 e 69 anos de idade. Outras condições de saúde também são exigidas.

No ano passado, o Hemepar registrou aumento na doação de sangue. Foram coletadas cerca de 188 mil bolsas em todo o Estado, um crescimento de 6% em relação ao ano anterior. O Hemepar fica na travessa João Prosdócimo, número 145, no Alto da XV. O horário de funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 7h30 da manhã às 6h30 da tarde e aos sábados, das 8h da manhã às 6 da tarde. Para doar sangue é preciso levar um documento oficial com foto.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*