Hospital Angelina Caron é o que mais fez transplantes no Paraná, em 2017

Foto: divulgação / Hospital Angelina Caron

O Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, foi o hospital que mais fez transplantes no Paraná em 2017. Foram realizadas 303 cirurgias desse tipo ao longo do ano passado, 12% a mais do que em 2016. Os pacientes receberam transplantes de coração, córnea, fígado, medula óssea, pâncreas ou rim. A partir de 2018, transplantes de pulmão começarão a ser feitos. Segundo o médico responsável pela Central de Transplantes do Hospital Angelina Caron, João Nicoluzzi, o fato de atender a todos tipos de transplantes, pode ter contribuído para o resultado de 2017.

Nicoluzzi destaca também o trabalho de sensibilização e conscientização das famílias de doadores. A desinformação ainda é a maior causa da recusa na hora de doar – representou mais de um terço das não doações em 2017. Para 2018, a expectativa é superar os números de doações do ano passado.

Em todo o Estado, dos quase dois mil procedimentos, incluindo transplantes de tecidos e intervivos, o Hospital Angelina Caron fez 303. No Paraná, 44% dos transplantes de coração, 50% das cirurgias de fígado e rim e 94% de pâncreas e rim, foram realizados no Angelina Caron. Segundo Nicoluzzi, o acompanhamento dos pacientes após a cirurgia também é essencial para o sucesso do transplante.

O Hospital Angelina Caron é referência em transplantes no Sul do país. Recebe, todos os anos, mais de 350 mil pacientes, sendo que 95% dos atendimentos são pelo Sistema Único de Saúde.  O setor de transplantes é reconhecido internacionalmente, com média de 250 procedimentos por ano.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*