SESA confirma oitava morte por gripe no Paraná

A três dias de intensificar a vacinação contra a gripe, a Secretaria de Saúde do Paraná confirmou hoje (09) a oitava morte pela doença no estado. Até semana passada, sete pessoas haviam morrido em decorrência da gripe.

O último caso fatal havia sido registrado em Foz do Iguaçu. A maioria das mortes está concentrada em cidades das regiões oeste e sudoeste do Paraná. Só em Foz, a gripe causou a morte de três pessoas.

A coordenadora do Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu, Adriana Izuka, detalha o perfil das vítimas fatais da influenza

Até agora, 20 mil setecentas e 11 pessoas já foram imunizadas na cidade da fronteira. O total do público-alvo passa das 65 mil pessoas. O grupo que mais se vacinou na cidade é o de mulheres no pós-parto, com 47% de cobertura. Já o que mais preocupa é o de crianças, com apenas 16% de pessoas imunizadas, e as gestantes, com 27% de imunização, como explica a coordenadora

A campanha nacional de vacinação contra a gripe termina no dia 1º de julho. Neste sábado, as unidades de saúde vão atender em horário especial para fazer a imunização nas 399 cidades do Paraná. A meta da Secretaria de Saúde é de vacinar 3 milhões e duzentas mil pessoas ou 90% do público-alvo.

A campanha de vacinação deste ano é destinada a crianças de seis meses de idade a cinco anos incompletos; idosos acima de 60 anos; pessoas com doenças crônicas; grávidas, mulheres em pós-parto de até 45 dias; trabalhadores da saúde e do sistema prisional; professores, população indígena e presos do sistema carcerário.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*