Tempo seco aumenta número de atendimentos no Hospital Pequeno Príncipe

O tempo seco aumenta consideravelmente o número de atendimentos no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba. O setor de dermatologia recebe cerca de 30% mais crianças com alergias nesta época do ano. Segundo a dermatologista responsável pelo serviço na entidade, Nádia Almeida, as alergias são mais comuns nas crianças de um a dez anos de idade e surgem principalmente nas dobras dos braços e das pernas e também no rosto.

O tratamento das dermatites deve ir além do uso de cremes e hidratantes. A dermatologista explica que até mesmo o tecido das roupas pode influenciar no agravamento das alergias.

O setor de dermatologia do Hospital Pequeno Príncipe atende por convênio, particular ou pelo Sistema Único de Saúde. O agendamento por meio do SUS é feito exclusivamente para pacientes já em tratamento na instituição, encaminhados por uma unidade básica de saúde.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*