Ação judicial pode ajudar famílias a receber medicamento não fornecido pela rede pública

 Ação judicial pode ajudar famílias a receber medicamento não fornecido pela rede pública

O Paraná é um dos estados brasileiros que não tem distribuído o medicamento de prevenção ao VSR, doença respiratória que acomete bebês prematuros, na rede pública de saúde. O medicamento é especial e de extrema urgência e custa 5 mil reais a dose, mas não faz parte do protocolo do Ministério da Saúde. Para o pai de uma criança que nasceu prematura e precisa do remédio, Jurandir Bahl, são 50 famílias na região de Curitiba que necessitam do remédio. Uma ação judicial deve ser protocolada nos próximos dias para garantir a distribuição do medicamento Palivizumabe Synagis.

O filho de Jurandir nasceu no dia 21 de agosto do ano passado, com apenas 24 semanas e meia. Ele ficou internado na UTI Neo Natal em hospital por 128 dias. A indicação médica é que ele tome cinco frascos do medicamento nos meses de abril, maio, junho, julho e agosto. Jurandir não sabe mais o que fazer para conseguir o medicamento pedido pelos médicos. Cada unidade procurada, repassa a responsabilidade para outra instituição.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Saúde informou que apenas distribui os medicamentos que fazem parte do protocolo do Ministério da Saúde, mediante definição na lei federal 12401/2012 e do decreto 7508/2012. No CRIE (Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais), a informação é de que o medicamento está suspenso no Paraná. O pedido foi protocolado no Ministério da Saúde que mandou o pai do paciente procurar a Secretaria de Saúde do Paraná.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Paraná está oficialmente livre da epidemia H3N2

Paraná está oficialmente livre da epidemia H3N2

A notícia foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde

Programa Opera Paraná deve realizar 60 mil cirurgias eletivas

Programa Opera Paraná deve realizar 60 mil cirurgias eletivas

A implantação do programa tem por objetivo diminuir as filas de espera

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem